Sala de Imprensa
Clipping
Cliente: CASTELO
Data: 03/06/2012

CASTELO ALIMENTOS amplia programa de práticas sustentáveis

CASTELO ALIMENTOS amplia programa de práticas sustentáveis
A empresa investe em embalagens mais ecológicas, como rótulos verdes, de madeira de reflorestamento


Em junho, mês do meio ambiente, a Castelo Alimentos, fabricante líder de vinagres e uma das principais indústrias de alimentos do país, amplia o seu programa de práticas sustentáveis. Além de já utilizar rótulos de papel produzidos a partir de árvore de reflorestamento, com selo de garantia da ONG internacional Forest Stewardship Council (FSC - Conselho de Manejo Florestal), a empresa acaba de adotar embalagem com menos resina PET na sua linha de molhos para salada.

A medida não só diminui o impacto ambiental gerado pela produção e manuseio do material plástico, como também traz economia no processo de produção.

Os rótulos de papel produzidos com árvore de reflorestamento também serão estendidos aos demais itens do portfólio. Desde o ano passado, a Castelo já vinha adotando os rótulos com selo verde, reconhecido em 75 países, na sua linha de molhos condimentados, como Molho de Pimenta tradicional, de Alho, Shoyu e Inglês.

Iniciativas complementam a adequação ambiental

As novas ações fazem parte de uma série de práticas ecologicamente corretas que vêm sendo adotadas pela empresa, nos últimos anos, com objetivo de minimizar os impactos ao meio ambiente. Além da adequação ambiental na planta industrial, que envolve o tratamento de efluentes e sistema inédito de lavagem de gases, para retirar a acidez dos vapores antes de serem emitidos na atmosfera, a empresa vem buscando parcerias com fornecedores certificados de embalagens sustentáveis.

Com isso, a empresa passou a utilizar caixas de embarque fabricadas a partir da combinação de fibras de cana-de-açúcar e de madeira, para embalar e transportar seus produtos, porém, com a mesma qualidade das embalagens confeccionadas a partir de fibras virgens de madeira.

"Devemos investir, além da adequação ambiental, em alternativas que estimulem o mercado a produzir, cada vez mais, materiais sustentáveis para a indústria. Assim, estaremos atuando, de forma bastante abrangente, para o desenvolvimento de uma economia sustentável, capaz de beneficiar o meio ambiente, como também gerar empregos e divisas a toda a sociedade", afirma Marcelo Cereser, diretor superintendente da Castelo Alimentos.

Sobre a Castelo Alimentos

Líder do mercado brasileiro de vinagres responsável por cerca de 40% da produção nacional, a Castelo iniciou suas atividades em outubro de 1905, a partir da antiga Destilaria Ypiranga, em São Paulo. Desde 1973, a empresa produz em sua fábrica em Jundiaí-SP linhas de vinagres da marca própria, hoje presentes em todo o território nacional e exportadas para países como Japão, Moçambique, República Dominicana, Paraguai, Uruguai, Paraguai, Cuba e Cabo Verde. Em 1996, a Vinagre Castelos passou a ser Castelo Alimentos, com a proposta de oferecer um leque diversificado de produtos alimentícios com sabor saudável. Hoje, a empresa conta com um portfólio que inclui desde vinagres de vinho, de arroz, maçã e saborizados até temperos completos, molhos condimentados, balsâmicos, azeite e conservas.

Saiba mais sobre Castelo Alimentos no www.casteloalimentos.com.br
Lilás Comunicação Quem Somos Serviços Novidades Sala de Imprensa Parceiros Clientes Contato Lilás no Facebook Síga-nos no Twitter Fale Conosco