Sala de Imprensa
Clipping
Cliente: GI GROUP BRASIL
Data: 30/03/2020

COMO TORNAR HOME OFFICE MAIS PRODUTIVO PARA ENFRENTAR COVID-19

COMO TORNAR HOME OFFICE MAIS PRODUTIVO PARA ENFRENTAR COVID-19
Confira as recomendações TackTMI, empresa de treinamentos corporativos, para criar uma estrutura de trabalho mais estimulante durante a “quarentena”
Considerado um benefício para proporcionar melhores condições de trabalho, a modalidade home office se tornou alternativa para muitas empresas protegerem seus clientes e colaboradores das ameaças do coronavírus (Covid-19). “Apesar de proporcionar uma série de vantagens aos colaboradores, como flexibilidade de horário com deslocamento e comodidade ao profissional, a atividade remota requer muito mais organização individual, monitoramento e capacidade de colaboração dos líderes e entre as equipes. Pois o previsto e o planejado nem sempre acontecem e as pessoas ficam mais tensas frente ao novo. E agora estamos num tempo de imprevistos”, afirma Janaína Rost, head da TackTMI, empresa de treinamentos corporativos e desenvolvimento de talentos da multinacional de recursos humanos, Gi Group.
Um dos principais desafios tanto para empresas como para os colaboradores que passam a dar expediente em casa é manter a equipe focada e manter o ritmo de produtividade.
Para ajudar as empresas a proteger seus funcionários e clientes da pandemia e dar andamento às suas atividades com eficiência, a TackTMI desenvolveu uma plataforma de conteúdos virtuais com treinamentos acessíveis e de rápida aplicação, que tratam das principais questões que envolvem desde gerenciamento de equipes remotas a administração do tempo de trabalho, como manter a comunicação e interação entre diversos públicos, melhorar a produtividades das vendas, no modelo virtual, entre outros.
“Os conteúdos virtuais, dinâmicos e interativos foram idealizados para ser uma ferramenta de apoio para as organizações e seus colaboradores, e atendem a missão da companhia de contribuir para o desenvolvimento do mercado de trabalho mesmo diante dessa problemática que requer esforço de todos e novas formas de fazer as coisas, com criatividade e inovação”, afirma a executiva.
Lições fundamentais
Entre as principais recomendações para profissionais que estão trabalhando em casa estão:
1. Recursos Tecnológicos: Equipamentos e softwares, que devem ter boa condição e completa atualização. Isso economiza tempo e estresse, afinal diminui o imprevisto. Redes de conexão são outro aspecto importante. Como os internautas ficam mais expostos, a área de segurança da informação precisa estar orientada ao negócio, criando práticas que agilizem e acelerem essas novas formas de atuação fora dos sites físicos. Estar alinhado com seu time de TI, através de políticas de fácil implementação e combinações torna o novo modelo remoto mais rápido, fácil e eficaz. Acessos a VPN (rede privada virtual) estão inclusos.

2. Recursos de estrutura física e lógica do trabalho em casa: Organize a rotina de horários, a forma de se preparar e sentar-se no seu espaço ou estação de trabalho. Monte um local que sirva de base, com seus recursos necessários, que hoje são diversos, desde canetas e lápis a mouse, carregadores, fones de ouvido e equipamentos como ipad, tablets. Outros recursos também são importantes: água, café e tudo que na lógica do escritório estão ao alcance.

3. Como gerenciar o tempo: Identifique o que de fato precisa e o que na verdade te “rouba tempo”. Use ferramentas que possam te manter focado e gerencie o expediente, como a técnica do “Pomodoro” que consiste na utilização de um cronômetro para dividir o trabalho em períodos de 25 minutos, separados por breves intervalos de 5 a 10 minutos. Deixar o celular em modo avião durante este período, desligar o whatsapp web, notificações de e-mail e do celular, também ajudam na concentração.

4. Paradas físicas e mentais: Reserve tempos para paradas em intervalos regulares, como a cada duas horas, por exemplo. Cansou da produção? Pare 5 minutos, fique de pé, mude de local, assim você voltará muito mais ativo. Se dedicar a algumas atividades extras durante os intervalos ajudam a tornar o ambiente mais produtivo. Brincar 10 minutos com o “pet” ou 15 minutos com o seu filho, praticar ioga e meditação com ajuda de aplicativos gratuitos são algumas das alternativas para te dar mais energia e produtividade.

5. Invista no aprendizado: Aproveite esse breve tempo livre para começar algo novo, como acessar e-books ou cursos online. Existem inúmeros treinamentos e conteúdos virtuais oferecidos por renomadas instituições, muitos deles gratuitos e bastante acessíveis, que tratam de temas como melhorar apresentações em clientes e reuniões com equipe. Faça uso desse tempo para fazer atualização em metodologias ágeis, que dão vazão ao conhecimento e ainda aumentam as habilidades.

6. Crie novas conexões com quem convive: O apoio mútuo é importante nos tempos de crise. Encontre um novo jeito de se comunicar, mesmo que seja virtualmente, para se manter conectado, seja com familiares que estão geograficamente mais distantes e isoladas pela quarentena, vizinhos, amigos, colegas e pessoas que estão próximas. Um bate-papo por vídeo ou telefone, nem que seja por 5 minutos, ajuda a recarregar as energias e até dar um ânimo ao colega de trabalho que estava mais triste ou quieto em reunião em vídeo conferência.
“Estamos vivendo um momento delicado da história, com impactos da “quarentena” em todos os setores da economia. Mas acreditamos que este episódio vai moldar o futuro do mercado de trabalho, difundindo ainda mais o uso de novas ferramentas tecnológicas para gestão de pessoas e equipes, acesso às informações, adaptação de processos, inclusive com possíveis simplificações e até diferentes oportunidades profissionais”, afirma a executiva. “Caberá a cada empresa e colaborador se adaptar e aprender como trabalhar de maneira eficiente e flexível fora da empresa, com o cuidado e segurança que as empresas devem proporcionar ao trabalhador”.
Saiba mais sobre as soluções em e-Learning da TackTMI site http://tacktmi.com.br/
Sobre Gi Group
Gi Group é um dos líderes globais em soluções dedicadas ao desenvolvimento do mercado de trabalho com forte destaque nas atividades de Recrutamento e Seleção, Administração de Temporários, projetos de Terceirização (Outsourcing), Marketing Promocional, Treinamento e Consultoria Empresarial em Desenvolvimento Organizacional e Programa de Estágios.
No início de 2007, o Gi Group começou o seu programa de internacionalização que levou o grupo a estar hoje presente em mais de 50 países na Europa, América e Ásia. A companhia também é membro corporativo global da WEC, a Confederação Internacional das Agências de Emprego, que reúne seis outras multinacionais do setor. O grupo tem faturamento 2,5 bilhões de euros, e atende mais de 20.000 empresas através de 600 filiais em todo mundo e mais de 3000 funcionários diretos. Saiba mais no www.gigroup.com.br

Lilás Comunicação Quem Somos Serviços Novidades Sala de Imprensa Parceiros Clientes Contato Lilás no Facebook Síga-nos no Twitter Fale Conosco