Sala de Imprensa
Clipping
Cliente: MONTE SIÃO
Data: 19/01/2012

DIAS TRANQUILOS EM MONTE SIÃO

DIAS TRANQUILOS EM MONTE SIÃO
Após a temporada de festas, janeiro pede uns dias de descanso com paisagens naturais e clima sossegado.

Para começar o ano com energias renovadas, Monte Sião – cidade mineira situada a apenas 160 km de São Paulo e 480 km de Belo Horizonte – é uma boa dica! Quem quer aproveitar o mês de janeiro para descansar, pode visitar a cidade e encontrar quase 800 lojas com preços convidativos e opções de passeio tranquilo com a família.

Monte Sião está entre os principais roteiros de compra da região do Circuito das Malhas. Nas vitrines da cidade, há desde tricô de alta costura até roupas de lã para cães, passando por peças das linhas masculinas, enxoval de bebê e roupas infantis, produzidas por cerca de 1.200 malharias da região.

Além das malhas, a cidade tem atrações culturais e de lazer para toda a família. Isso tudo sem contar a culinária regional e paisagens tradicionais com clima mineiro.

Vale também um passeio para conhecer os principais pontos turísticos que contam um pouco da história e das tradições de Monte Sião:

Santuário da Nossa Senhora da Medalha Milagrosa – Construída em 1849, a paróquia é a primeira igreja fora da França dedicada à Santa. Assim como a paróquia francesa, o santuário de Monte Sião é conhecido pelas suas medalhas consagradas. Diz a lenda que a Nossa Senhora teria aparecido à Santa Catarina Labouré, na França, pedindo para que cunhasse medalhas, que garantiriam proteção especial a quem usasse.

Praça Prefeito Mário Zucato - Principal cartão postal da cidade, a praça, situada bem em frente ao Santuário da Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, chama atenção pelo seu jardim em labirinto com ciprestes esculpidos em forma de animais silvestres. O local também é palco das atividades culturais da cidade.

Porcelana Monte Sião – Além das malhas, a cidade é famosa pelas suas porcelanas artesanais. A Porcelana Monte Sião, localizada próximo à Praça do Rosário, produz, desde 1959, peças com motivos floridos em azul e branco, inspirados nos modelos portugueses. Os visitantes podem conhecer gratuitamente a instalação, acompanhado de um guia que mostra todo o processo de fabricação das peças, e ainda adquirir os mais variados utensílios e até jogos completos na loja da fábrica.

Museu Histórico e Geográfico – O espaço dispõe de instalações, arquivos e uma coleção de objetos, ferramentas e maquinários que contam a história do município, desde a época de sua fundação, em 1849. O acervo inclui réplicas de uma casa de campo, típica de Monte Sião, e calhambeque com carroceria usado para transporte de mercadorias no início do século XX; cenário de um consultório odontológico e de uma ferraria, além de coleção de fotos antigas e documentos do município. O museu abriga ainda uma caverna artificial de 15m de extensão com estalactites.

Morro Pelado – O conjunto de montanhas que inspirou o nome da cidade pode ser visto logo na entrada da cidade, para quem vem de São Paulo pela Águas de Lindóia. Do alto do morro, é possível apreciar a pitoresca paisagem da Serra da Mantiqueira com seus vales profundos e cidades vizinhas como Campinas. O local abriga uma plataforma de voo livre. O acesso pode ser feito de carro ou trilhas.

Sobre Monte Sião
Situada no Sul de Minas, Monte Sião surgiu no século XVIII a partir de um povoado formado por garimpeiros que trabalhavam na região de Ouro Fino, que cresceu com a chegada dos imigrantes italianos que vieram trabalhar nas lavouras da região e trouxeram a tradição do tricô. Antes tecidas artesanalmente, as malhas aos poucos passaram a ser produzidas em máquinas a partir de 1965. Em 1972, o município promoveu a primeira Feira Nacional do Tricô, evento tradicional do calendário da cidade. Hoje, Monte Sião está entre os principais pólos produtores de malharia retilínea do país. Com uma população de um pouco mais de 20 mil habitantes, a região conta com cerca de 1,2 mil malharias de pequeno e médio portes, que confeccionam atualmente 25 milhões de peças ao ano, correspondente a cerca de 50% do volume produzido pela região do Circuito das Malhas.



Mais informações sobre Monte Sião no site www.montesiao.mg.gov.br



Lilás Comunicação Quem Somos Serviços Novidades Sala de Imprensa Parceiros Clientes Contato Lilás no Facebook Síga-nos no Twitter Fale Conosco