Sala de Imprensa
Clipping
Cliente: GI GROUP BRASIL
Data: 31/05/2019

DICAS DA WYSER PARA STARTUP ACERTAR NA ESCOLHA DE SEUS TALENTOS

DICAS DA WYSER PARA STARTUP ACERTAR NA ESCOLHA DE SEUS TALENTOS
Em parceria com a aceleradora Pluris, a consultoria especializada em média e alta gerência preparou um roteiro para os empreendedores engajarem profissionais certos

O fator humano é fundamental para o sucesso de um empreendimento. É com ele que uma empresa pode criar, inovar e oferecer constantemente produtos e serviços competitivos ao mercado. Mas como uma startup, com uma estrutura enxuta, pode focar nos seus negócios e ao mesmo tempo cuidar da parte administrativa e gestão de pessoas?

Assim, a Pluris, aceleradora de startups do Instituto SEB, braço de investimento social do Grupo SEB, um dos maiores do segmento de educação, incluiu em sua programação de workshop para seus empreendedores, os segredos do processo de recrutamento e seleção da Wyser, consultoria especializada em recrutamento e seleção de executivos para média e alta gerência. O objetivo é oferecer aos empreendedores as ferramentas e os subsídios para fazer os negócios crescerem, otimizando seus recursos, inclusive o humano.

“A contratação equivocada figura no top 5 dos principais motivos de fracasso de uma startup. Sabemos que o foco está em conseguir clientes, escala e investimentos, mas para sustentar toda essa estratégia também existe a necessidade de formar um time forte”, diz Ricardo Agostinho, CEO da Pluris Aceleradora.

Para ter uma ideia da dimensão dos gastos gerados pela escolha de colaborador com perfil inadequado para operação, é importante começar a analisar o custo direto envolvido na contratação com base nos indicadores como hora/homem dedicada ao processo seletivo, integração e treinamento do novo profissional, além dos custos dos meses trabalhados e de uma demissão, caso venha a ocorrer.

“Há ainda impactos indiretos como queda de produtividade e trabalho em equipe ineficiente, que implicam em sobrecarga de trabalho, necessidade de maior investimento em treinamento e recursos humanos para contornar o problema e imagem da empresa abalada”, afirma Natália Costa, especialista em recrutamento da consultoria.

Natália aponta os passos para tornar o processo de seleção mais efetivo para quem está na fase inicial do negócio:

Desenhe o perfil ideal

· Empresas inovadoras, cargos inovadores. Quem está criando um modelo de negócio completamente inovador terá de pensar em cargos que ainda não existem no mercado.

· O mais importante não é o nome da posição e sim exatamente o seu escopo, principais responsabilidades, como será realizada e qual seria a sua abrangência.

· Comece a definir as competências comportamentais necessárias para executar tal função, dentro da sua cultura almejada e metas de médio prazo. Lembrando que os comportamentos ideais sempre devem estar atrelados ao negócio, à estratégia e não somente à cultura.

Divulgue a posição

· Na hora de divulgar a posição, use uma comunicação alinhada ao seu público alvo. Este é o momento de chamar atenção e atrair o máximo de candidatos possíveis.

· Uma boa triagem de candidatos em plataformas de recrutamento irá otimizar maior parte do seu tempo. Avalie somente requisitos técnicos dentro do currículo e deixe os comportamentais para a entrevista.

· Faça uma boa entrevista prévia por telefone, que deve durar em média 10 minutos, para abordar os principais requisitos técnicos e comportamentais do desafio da posição. Informações como remuneração atual e pretensão salarial devem ser alinhadas neste momento.

No momento da entrevista

· Faça uma breve apresentação da empresa, de si mesmo e da posição.

· Formule as questões para o candidato em que possa avaliar as principais competências técnicas (como o profissional executa a tarefa) e comportamentais (situações claras que evidenciem como o profissional se comportou frente a alguma situação parecida com a que ele irá viver).

· Ainda na avaliação comportamental considere as situações anteriores vividas pelo candidato de no máximo dois anos, pois estas tendem a se repetir no curto prazo. Por fim, evite situações hipotéticas relacionadas ao futuro, já que nunca se sabe como a pessoa irá se comportar em uma situação que ainda não viveu.

Alinhamento das expectativas

· A maior parte do turnover nos primeiros meses nas empresas é causada pela falta de alinhamento de expectativas. Portanto, deixe claro os pontos positivos e também os negativos da função que o profissional irá exercer, além de todos os desafios que enfrentará.

· Verifique se as expectativas dos candidatos estão alinhadas com as da empresa. Afinal, é importante que o futuro profissional encontre motivação no seu cargo e esteja de acordo com o propósito da empresa.

Por fim, desenvolva uma marca empregadora forte (employer branding). Pois este é um requisito fundamental para atrair, fidelizar bons profissionais e, consequentemente, aumentar a produtividade interna. Procure sempre construir uma reputação positiva com os profissionais que trabalham na sua empresa, pois eles serão os seus maiores “vendedores” do mercado.

Sobre a Wyser

A Wyser é uma consultoria especializada em recrutamento de executivo da Gi Group. A especialização é um dos principais pilares da empresa. A equipe é formada por especialistas nos setores de: Vendas & Marketing & Consumo, Engenharia & Indústria & Logística, Mercado Financeiro, Recursos Humanos, Tecnologia e Agronegócios.

Sobre Gi Group

Gi Group é um dos líderes globais em soluções dedicadas ao desenvolvimento do mercado de trabalho com forte destaque nas atividades de Recrutamento e Seleção, Administração de Temporários, projetos de Terceirização (Outsourcing), Marketing Promocional, Treinamento e Consultoria Empresarial em Desenvolvimento Organizacional e Programa de Estágios.

No início de 2007, o Gi Group começou o seu programa de internacionalização que levou o grupo a estar hoje presente em mais de 50 países na Europa, América e Ásia. A companhia também é membro corporativo global da WEC, a Confederação Internacional das Agências de Emprego, que reúne seis outras multinacionais do setor. O grupo tem faturamento 2 bilhões de euros, e atende mais de 20.000 empresas através de 600 filiais em todo mundo e mais de 3000 funcionários diretos.



www.gigroup.com.br



Lilás Comunicação Quem Somos Serviços Novidades Sala de Imprensa Parceiros Clientes Contato Lilás no Facebook Síga-nos no Twitter Fale Conosco