Sala de Imprensa
Clipping
Cliente: FRONIUS
Data: 19/10/2020

FUNÇÃO PULSE NA SOLDAGEM DO AÇO DIMINUI A FORMAÇÃO DE RESPINGOS E EVITA O RETRABALHO DA OPERAÇÃO

FUNÇÃO PULSE NA SOLDAGEM DO AÇO DIMINUI A FORMAÇÃO DE RESPINGOS E EVITA O RETRABALHO DA OPERAÇÃO
O modo pulsado, disponível nos equipamentos TransSteel da Fronius, auxilia o soldador em diferentes aplicações e proporciona até 70% a menos de retrabalho

A Fronius, empresa de origem austríaca líder em inovação em solda por arco voltaico e soldagem robotizada, está adicionando a função pulse aos equipamentos da família TransSteel, cujo sistema foi desenvolvido especialmente para o aço, com excelente custo-benefício para a soldagem manual.
A linha, que domina todos os três processos de soldagem, MIG/MAG, TIG e soldagem de eletrodos revestidos, é composta por cinco equipamentos com diferentes potências e tamanhos, para atender o soldador em todas as suas necessidades, seja no local da obra ou na oficina.
O modo pulsado permite velocidades de soldagem mais rápidas em materiais de maior espessura e com retrabalho reduzido, já que provoca menos respingos de solda.
Cláudio Sá, gerente comercial da Unidade de Perfect Welding da Fronius do Brasil, ressalta que a nova função apresenta benefícios de grande valia para o profissional, já que o arco pulsado atinge velocidades de soldagem até 30% mais rápidas e, justamente pela diminuição na formação de respingos, possibilita até 70% a menos de retrabalho na operação.
“A soldagem ao arco pulsado ajuda o profissional, por exemplo, a pontilhar, e, com isso, é possível estabelecer pontos de soldagem homogêneos, fazer cordões de aparência escamosa e, sobretudo, com a menor aplicação de calor, reduz-se também a deformação do material, em caso de chapas finas”, explica.
Dos cinco equipamentos TransSteel, a Fronius está adicionando a função de pulsado a três deles: na TransSteel 3000, versão compacta com cabeçote interno, ideal para trabalhos de reparo, em canteiros de obra ou oficina; e, nos modelos TransSteel 4000 e TransSteel 5000, com cabeçote externo, que possuem maior potência e flexibilidade em soldagens de peças grandes que exigem altas correntes.
Importante destacar que o conceito TransSteel permite a sua operação sem necessidade de conhecimento prévio do equipamento, já que todos os parâmetros de soldagem podem ser ajustados facilmente, de maneira intuitiva. Além disso, ele permite documentar todos os dados de soldagem, como corrente, tensão e velocidade de arame, por meio da possibilidade de conexão via USB.
Os novos equipamentos já estão disponíveis no Brasil para demonstração e venda.

Lilás Comunicação Quem Somos Serviços Novidades Sala de Imprensa Parceiros Clientes Contato Lilás no Facebook Síga-nos no Twitter Fale Conosco